.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Investimentos na Itália


Governo Italiano apresenta os principais atrativos para investidores estrangeiros

19/06/17

Em recente evento, no início deste mês, o ministro de Comércio Exterior e Cooperação Internacional da Itália, Angelino Alfano, ressaltou as principais razões para o investimento estrangeiro no país: porta de entrada para os mercados de quase 800 milhões de consumidores, a Itália é a terceira economia da zona do euro e segunda economia de produção artesanal na Europa. Quem investe na Itália adquire um know-how único em setores estratégicos, como máquinas, automação, robótica, engenharia, moda, design, agroalimentar e tecnologias verdes, onde a Itália é primeira na União Europeia (EU) para o mix de energias renováveis ​​utilizadas (com uma quota superior a 17%). A economia italiana está fortemente projetada no export (no G20, é o país com o quinto maior superávit comercial de fabricação), o custo do trabalho é um dos mais baixos entre os principais países europeus e a força trabalho é extraordinariamente qualificada, com um mundo universitário ligado aos principais networks europeus de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Entre as principais medidas tomadas pelo governo italiano para melhorar o ambiente de negócios e fortalecer a atratividade do país estão: o "Jobs Act", que introduziu uma legislação em matéria de contratos de trabalho mais flexível e mais adaptável aos diferentes ciclos econômicos; a melhoria da justiça civil, com tribunais especializados para as empresas, incentivos para procedimentos extrajudiciais, a nova telemática e um novo processo de legislação sobre falências; a modernização da administração pública para garantir procedimentos de autorização simplificados e velocidade nos pagamentos; uma tributação mais transparente e previsível, medidas ad hoc para atrair capital estrangeiro; o Plano Indústria 4.0, que toca em todas as fases do ciclo de vida das empresas para aumentar a competitividade, para apoiar investimentos inovadores, digitalizar processos de produção e aumentar a produtividade dos trabalhadores e sua formação.

Ainda durante o evento, novos detalhes foram revelados. Foi reconhecida a importância dos esforços do governo italiano em proceder, pela primeira vez, uma reorganização sistemática no segmento de atração dos investimentos, por meio da introdução de ferramentas operacionais inovadoras: o Comité de Atração dos Investimentos Estrangeiros, com a tarefa de acompanhar os grandes projetos de investimento estrangeiros e propor melhorias regulatórias, e os nove Desk da Agência de Atração dos Investimentos (ICE), que serão integrados na rede diplomática e consular dos escritórios ICE. Destacado o papel central do sistema produtivo italiano do Plano Indústria 4.0. e a ligação entre a indústria e network universitário, para permitir às empresas com uma forte capacidade inovadora de continuar a melhorar para competir em mercados estrangeiros. Ao final, enfatizou-se a necessidade de assegurar a comunicação entre a rede estrangeira e as autoridades regionais e locais, aqueles que são particularmente conscientes das oportunidades na área e os destinatários finais do investimento.

Entre as inovações apresentadas, foram considerados particularmente importantes os instrumentos para o diálogo entre a Administração Fiscal e as empresas, em nome da transparência e da simplificação e os principais benefícios introduzidos: no mesmo ano fiscal, uma empresa pode realmente combinar estes benefícios e desfrutar de uma taxa efetiva de imposto inferior ao nominal de 24%. Não é por acaso, portanto, que a Itália, recuperou 20 posições no ranking de países com alto nível de atratividade fiscal, conforme relatado no estudo "Digital Tax Index de 2017: Locational Tax Attractiveness for Digital Business Models", realizado pelo Mannheim Centre for European Economic Research (ZEW).

O CEO da FSI SGR Tamagnini também ilustrou o mecanismo de funcionamento do fundo criado pela Cassa Depositi e Prestiti, uns dos mais importantes fundos de investimento in equity na Europa, que tem a função de apoiar as empresas de excelência no "Made in Italy". A vice-presidente da Confindustria , Licia Mattioli, aproveitou a oportunidade do evento para relançar a Comissão de Investidores Estrangeiros da Confindustria, que reúne as principais multinacionais que operam na Itália, a fim de desenvolver recomendações ao governo para melhorar o ambiente de negócios.

Finalmente, as considerações significativas dos representantes dos três investidores estrangeiros envolvidos, que enfatizaram os pontos fortes da Itália para o empresário estrangeiro: trabalhadores extremamente qualificados ("os melhores engenheiros do Grupo General Electric na Itália"), uma rede científica desenvolvida, uma excelente relação entre produtividade e custos de produção, um excelente apoio das instituições, nacionais e locais, um mercado particularmente aberto (também em setores estratégicos como energia e telecomunicações). Houve algumas notas negativas sobre a lentidão da burocracia, os complexos procedimentos administrativos e a ausência de políticas estruturais claras.

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br