.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Entrevista: Valentino Rizzioli - Presidente da CNH para América Latina e Vice-presidente da Fiat Automóveis


Em entrevista à Câmara Italiana, Rizzioli fala um pouco sobre a conjuntura econômica mundial, o cenário industrial brasileiro, e as perspectivas para a Fiat Automóveis e para a CNH.

Natural de Veneto, na Itália, Valentino Rizzioli fez o curso de Oficial da Aeronáutica e Engenharia na Academia Aeronáutica Militar de Pozzuoli, Nápoli. Em 1991, assumiu a vice-presidência da N.H. Geotech, holding do Grupo Fiat para os setores de máquinas rodoviárias e agrícolas, que dois anos mais tarde passou a se chamar New Holland N.V. Com a criação da CNH, a partir da fusão entre duas das maiores fabricantes de máquinas agrícolas e de construção do mundo, New Holland e Case, Valentino Rizzioli tornou-se presidente da CNH para América Latina e, no mesmo ano, assumiu o cargo de vice-presidente da Fiat Automóveis S.A. Em entrevista à Câmara Italiana, Rizzioli fala um pouco sobre a conjuntura econômica mundial, o cenário industrial brasileiro, e as perspectivas para a Fiat Automóveis e para a CNH.

                                                          

Quais são as expectativas e oportunidades para a Fiat e para a CNH nos próximos meses e no próximo ano?

Acredito que estamos vivendo um importante momento na história do Grupo Fiat no Brasil. A CNH deverá encerrar 2013 com excelente participação nos mercados agrícola e de construção, assim como a Iveco no setor de transportes. Já a Fiat deverá fechar o ano na liderança do mercado de veículos no país pelo 12º ano consecutivo. E temos expectativas ainda melhores para 2014.

 

Como o senhor avalia a política industrial do Brasil?

A situação industrial brasileira passa por um momento peculiar. O potencial de crescimento é extraordinário, mas uma série de circunstâncias, internas e externas, limita o seu progresso. Acredito que o Governo Federal e os governos estaduais têm se empenhado para resolver as principais questões e que conseguiremos aproveitar melhor toda esta potencialidade.

A prorrogação do PSI (Programa de Sustentação do Investimento) com taxas de juros reduzidas para compra de caminhões, máquinas e equipamentos, é um exemplo dos esforços do governo em implementar medidas de estímulo ao consumo e ao investimento no País.

 

Qual a importância da origem italiana para o sucesso da Fiat?

A origem italiana foi importante para o sucesso da Fiat no Brasil por vários motivos. Como as culturas dos dois países são parecidas, a adaptação por aqui foi mais fácil. Além disso, quando a Fiat chegou ao Brasil, ela desembarcou com anos de experiência adquirida. Com o passar do tempo, conseguimos integrar, de forma harmônica, as qualidades e os melhores costumes italianos e brasileiros, tornando a Fiat a importante e competente empresa que é hoje.

 

Como a conjuntura mundial vem afetando o mercado brasileiro?

O Brasil apresenta um continuo crescimento nos últimos 12 anos do ponto de vista econômico e social, diferente de alguns Países que vem enfrentando períodos de crise. De acordo com o Governo Federal, mais de 50 milhões de pessoas saíram da linha de extrema pobreza. Além disso, milhões de brasileiros tiveram melhoras significativas de renda, permitindo novas possibilidades de consumo e de investimentos.

Temos ainda atividades em grande expansão, como, por exemplo, o setor do agrobusiness. A produção de soja deve fechar o ano em recorde, na casa de 86 milhões de toneladas, com a expectativa de uma safra ainda melhor no próximo ano. Milho é outra commodity em alta no País, com expectativa de produção na casa de 82 milhões de toneladas.

Embalado com esses números está o mercado de máquinas agrícolas. Aa vendas no Brasil deverão superar a casa de 80 mil máquinas. O mercado automotivo também está bastante aquecido. Conforme dados da Anfavea, a produção nacional deve superar os 3,8 milhões de veículos.

Por mais que o cenário seja de otimismo, estamos encontrando, porém, travas para o crescimento futuro devido às limitações enfrentadas pelo Brasil, especialmente no setor de infraestrutura – energia, rodovias, aeroportos, portos, etc. Também temos um déficit educacional, pois as escolas brasileiras estão demonstrando uma saturação em nível acadêmico preocupante. E, na parte de saúde, estamos sendo obrigado a importar médicos para suprir a necessidade da população.

Entendo que o Governo Federal e os estaduais estão muito sensibilizados sobre estas carências e estão acelerando os investimentos nesses setores. Temos a consciência que, com estes investimentos, o Brasil retomará o seu crescimento econômico e avanço social.

Nós da Fiat sempre acreditamos nesse futuro e a nossa maior demonstração de confiança está nos investimentos que temos realizado no País - sem dúvidas, superiores a qualquer outro grupo automotivo no Brasil.

Investimos não apenas em pesquisa, desenvolvimento e na evolução dos nossos produtos, mas também no melhoramento das nossas fábricas e na capacitação dos nossos colaboradores.

Outro ponto que é de vital importância para a Fiat são os programas sociais. Temos projetos de excelente qualidade, como o Árvore da Vida, da Fiat, o Case Multiação, da Case, o Plantar & Construir, da New Holland, e o Próximo Passo, da Iveco, que, por meio de ações sociais, culturais, esportivas e ambientais, contribuem para a melhoria da qualidade de vida, promovendo a cidadania e proporcionando o bem-estar social nas comunidades localizadas no entorno das nossas fábricas.

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br