.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Entrevista: Ricardo Vicintin - Diretor Presidente do Grupo Rima


Conheça um pouco mais sobre Ricardo Vicintin, empresário com visão otimista e opiniões bem formadas, que vem atuando no crescimento e diversificação do Grupo Rima.

Com coragem e espírito empreendedor, Ricardo Vicintin saiu de São Paulo em 1974 e veio para Minas, aonde fundou a Eletrometalur S/A, posteriormente chamada de Rima Industrial S/A. A história, no entanto, começou bem antes, quando seu pai, Oswaldo Vicintin criou em São Paulo a Metalur Ltda. Desde então, o Grupo Rima cresceu e vem se diversificando e inovando. Confira a entrevista de Ricardo Vicintin à Câmara Italiana e saiba mais sobre esse importante empresário, de visão otimista e opiniões bem formadas. 

Como foi o início de sua carreira e o que o levou a sair de São Paulo e vir para Minas Gerais criar a Eletrometalur S/A, posteriormente denominada Rima Industrial S/A?

O ano foi o de 1974. Era uma época diferente da atual, em que o governo priorizava a industrialização e, consequentemente, fomentava o emprego. Havia incentivos e não tínhamos tanta notícia sobre corrupção. Se havia corrupção, os corruptos eram punidos. A indústria e a sociedade não precisavam arcar com as consequências da má gestão do dinheiro público, tampouco com os custos burocráticos que precisamos suportar hoje. O cenário era outro, e isso motivava as pessoas a inovarem e empreenderem. Tanto que a Fiat acabara de anunciar sua vinda para Minas Gerais. Essas foram minhas motivações.

Quais são as expectativas e as oportunidades para a Rima para o próximo ano?

Embora nossas metas não alcancem níveis tão elevados quanto gostaríamos, ainda mantemos uma perspectiva otimista. A política cambial que tem mantido o dólar em alta pode contribuir significativamente para isso, valorizando o produto para exportação. Somado a isso está a procura equilibrada por nossos produtos, o que nos possibilita projetar mais negócios para 2014.

Como você avalia a política industrial do Brasil?

Acredito que ainda falta planejamento para longo prazo para o setor industrial no país, embora seja possível perceber um movimento positivo por parte dos governos federal e estadual. Contudo, esse movimento acaba sendo brecado pela chamada sociedade civil que, na minha opinião, está repleta de pessoas que se beneficiam dos setores produtivos de forma oportunista, como funcionários públicos com poder de veto incompatível com o cargo que ocupam, algumas ONGs ambientais, alguns advogados de sindicatos que não produzem nada e se aproveitam do sistema. E a quantidade de empresas e indústrias que conseguem pagar por esse sistema viciado está cada vez menor. A indústria é um dos segmentos mais rentáveis no Brasil hoje, e frente à sua importância, ainda não podemos contar com políticas consistentes e que impulsionem o desenvolvimento e o crescimento do setor. Sinto como se o Brasil estivesse deixando morrer sua galinha dos ovos de ouro.

Como a conjuntura mundial vem afetando os mercados mineiro e brasileiro e também a atuação da Rima?

No caso da Rima, a conjuntura internacional tem sido positiva. Nosso produto é voltado, prioritariamente, para a exportação e, sendo assim, o dólar em alta é positivo para nós. Também temos ampliado nossas oportunidades no mercado externo a cada dia. Se dependêssemos somente da conjuntura interna, talvez estivéssemos em situação semelhante à de outros grupos econômicos que têm reduzido seu volume de negócios ou, até mesmo, fechado as portas.

Quais foram as grandes motivações para associar a sua empresa à Câmara Italiana?

Trata-se de uma parceria muito importante. A Câmara Italiana nos proporciona um volume maior de informações e mais contato com fornecedores e clientes.

Sendo um grande empresário, os momentos de lazer devem ser raros. Como o senhor os aproveita?

Gosto da convivência e da dedicação à minha família: esposa, filhos e netos. Compartilhamos bons momentos na fazenda. Também aproveito para me dedicar à Rima Agropecuária, onde tenho oportunidade de acompanhar a criação de animais, sejam bovinos ou equinos, uma paixão minha. Além, é claro, de acompanhar os jogos dos meus times do coração, os 02 Palestras, Palmeiras e Cruzeiro. Eventualmente, também faço viagens ao exterior.

 

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br