.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





ENTREVISTA - Melina Uchida: “Somos um país de dimensões continentais com tecnologia e potencial de geração de biogás em diferentes setores da economia como agroindústria”


A Diretora de Novos Negócios e Créditos de Carbono da Asja fala um pouco sobre o promissor biogás

28/05/2019

1. O biogás, apesar de todo seu potencial ainda é pouco utilizado no Brasil e muito se desconhece sobre os processos de obtenção de energia a partir dele. O que é exatamente o biogás, como ele é obtido e como é feita a produção de energia elétrica a partir dele?

O biogás é um combustível renovável produzido a partir da degradação de materiais orgânicos tais como: vinhaça da cana, dejetos animais, resíduos sólidos urbanos, efluentes de estações de tratamento, entre outros. Basicamente, a geração de biogás acontece com a matéria orgânica decomposta na ausência de oxigênio que, com o auxílio de bactérias, dá origem ao gás. Esse processo acontece naturalmente nos aterros sanitários, onde o lixo é decomposto em condições anaeróbias, gerando uma grande quantidade de biogás que, geralmente, é lançado na atmosfera sem qualquer tratamento, como permite a legislação ambiental atual.

A produção de energia elétrica ocorre por meio da conversão de energia mecânica a partir da combustão do biogás, que ativa um gerador e produz energia elétrica. É importante destacar que a geração de energia elétrica com o biogás garante não só uma fonte firme com possibilidade de geração descentralizada, mas também contribui com a economia circular, ao recuperar energeticamente resíduos, reduzir gases causadores de efeito estufa e melhorar a qualidade do ar, tudo através da redução da emissão de particulados. 

A Asja trabalha junto com a Abiogás – Associação Brasileira de Biogás – para conscientizar o poder público e as pessoas em geral do impacto ambiental, desperdício energético e financeiro de se ignorar o potencial de biogás no país.

 

2. Hoje, no Brasil, a principal fonte de energia elétrica é a hidráulica, e vemos o crescimento do fotovoltaico. Quais são as perspectivas para o biogás em um cenário energético tão consolidado?

O biogás precisa ultrapassar alguns obstáculos, como a pouca informação técnica disponível para a sociedade e a falta de políticas públicas que fomentem a fonte no Brasil. O biogás é uma fonte renovável estratégica e com potencial significativo para participação da matriz energética nacional. A ABiogás estima que o biogás poderia suprir 38% da demanda de energia elétrica no país. Somos um país de dimensões continentais com tecnologia e potencial de geração de biogás em diferentes setores da economia como agroindústria, esgoto sanitário e resíduos sólidos urbanos.

 

3. Hoje a Asja possui três usinas de captação de biogás em Minas Gerais, quais foram as variáveis utilizadas na escolha dos locais? Por que investir em biogás no estado?

A motivação foi a existência de aterros sanitários (público e privados) bem construídos, mas ainda sem um sistema de gestão do biogás. Também foi crucial para a tomada de decisão a boa disposição do poder público, além das empresas do setor de resíduos em conhecer a tecnologia inovadora de tratamento do passivo ambiental e proteção dos recursos naturais.

 

4. A Itália hoje é uma grande representante dos esforços na busca por formas de energia mais limpas e historicamente sempre foi uma grande parceira do Brasil. Como a tecnologia italiana foi utilizada na criação das usinas em Minas Gerais? Qual a contribuição da tecnologia desenvolvida na Itália?

A principal contribuição da tecnologia italiana está na engenharia, na projetação das usinas e dos sistemas de captação e transporte de biogás. Já os equipamentos usados nas plantas têm diversas origens, sendo a maior parte de origem europeia.

5. Quais os planos e expectativas da Asja para o Brasil nos próximos anos?

A Asja planeja replicar os modelos de negócios implantados com sucesso em Minas Gerais em outros estados e já começou o processo. Na semana passada, colocamos em operação uma nova planta de geração de energia limpa a partir de biogás de aterro sanitário na Paraíba. Em Pernambuco, estamos finalizando o comissionamento de outra planta com a mesma tecnologia.

Nossa linha estratégica é de dobrar a potência instalada em um período de quatro anos, inclusive desenvolvendo projetos com outras fontes renováveis de energia, como fotovoltaica e eólica.

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br