.


Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Expo Milão terá semana dedicada a Minas Gerais com ações gastronômicas, culturais, diplomáticas e comerciais


Governo de Minas Gerais, Codemig, Indi, Fiemg, Câmara Ítalo-Brasileira, Sebrae e Fecomércio compõem a missão mineira no terceiro maior evento do mundo

08/10/15

A Expo Milão 2015, grandiosa exposição universal que reúne 145 países na Itália, prepara-se para receber a Semana de Minas Gerais em Milão. Entre os dias 12 e 18 de outubro, diversas ações gastronômicas, culturais, empresariais, diplomáticas e comerciais serão promovidas pelo Governo do Estado de Minas Gerais, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), a Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Artesanato de Minas Gerais, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio-MG), o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), além de secretarias de Estado e outros parceiros.

A missão mineira no terceiro maior evento mundial terá a participação do governador Fernando Pimentel e contribuirá para a projeção do Estado no cenário internacional, divulgando seu novo modelo de governança e desenvolvimento. Além disso, destacará relevantes iniciativas em variados segmentos, como gastronomia, design, tecnologia e moda, evidenciando oportunidades de negócio, investimento e turismo e posicionando Minas Gerais como referência para investimentos no setor da economia criativa, por exemplo.

O Estado integrará o Pavilhão Brasil, organizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) sob a coordenação de uma Comissão Interministerial, presidida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Na semana dedicada à divulgação de Minas Gerais na mostra global, os visitantes poderão degustar a água mineral Cambuquira, mundialmente premiada, e conhecer mais sobre os diferentes tipos de café, doces, geleias, licores, cachaça, própolis, mel e pão de queijo. Por meio do Projeto Imagem, azeites, vinhos e produtos tipicamente mineiros estarão entre as atrações, em uma ação conjunta entre a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), a Exportaminas (unidade de comércio exterior da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico) e a Fiemg.

A abertura oficial da Semana mineira será realizada no dia 13 de outubro, com o Seminário Minas Gerais e Itália, que ressaltará a importância do intercâmbio entre o Estado e o país europeu, e o início do Minas Digital Challenge, um desafio que envolverá universitários italianos na busca por soluções empreendedoras. No dia 14, ocorrerão visitas técnicas para empresários mineiros nos setores de moda, design, alimentos, bebidas, máquinas, equipamentos e automotivo. O evento também contará com a presença do estilista Ronaldo Fraga, do coordenador do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, Rodrigo Ferraz, e dos chefes Ivo Faria, Pablo Oazen e Frederico Trindade, além do chef revelação do Senac, em uma iniciativa coordenada pela Federação do Comércio. Outro destaque é a participação do grupo musical Zé da Guiomar — considerado um dos principais responsáveis pelo fortalecimento e pela renovação do samba na capital mineira, o conjunto já se apresentou em vários estados do Brasil e participou da Feira Internacional de Música de Buenos Aires, figurando entre os três artistas brasileiros selecionados para o evento. Estão previstas, ainda, rodadas de negócios com empresas mineiras e visitas técnicas aos demais pavilhões da mostra.

De acordo com levantamento do Indi, o Estado mineiro detém o segundo maior número de empresas italianas instaladas ou com operações no Brasil, com 76 companhias, atrás apenas de São Paulo.

Expo Milão

A Expo Milão teve início em 1º de maio deste ano e termina no dia 31 de outubro, tendo como tema “Alimentando o Planeta, Energia para a Vida”. Nesta edição, são aguardados mais de 20 milhões de visitantes em um espaço de 1 milhão de metros quadrados. Além de países e empresas, participam da exposição mundial a sociedade civil e organizações internacionais, como a ONU e a União Europeia. Trata-se de um evento sustentável, tecnológico e temático, focado em seus visitantes, que poderão vivenciar uma experiência única sobre o tema da nutrição, em uma viagem por alimentos e tradições de povos de todo o planeta. Parte dessa interação é vivenciada por meio do projeto Ospitalità Italiana, que leva a experiência enogastronômica italiana para diversos países ao redor do mundo. O selo internacional de qualidade é, além de tudo, um efetivo e permanente programa de valorização e preservação da identidade dos italianos com sua comida e tradições culturais. Em Minas Gerais, o selo é concedido aos restaurantes certificados pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria de Minas Gerais.

Com 4 mil metros quadrados, o Pavilhão do Brasil na Expo Milão está entre os cinco principais destaques do evento, abrigando exibições, atividades culturais e gastronômicas, seminários, eventos de negócios e de relacionamento. Enfatizando a temática “Alimentando o mundo com soluções”, o espaço já recebeu aproximadamente 2 milhões de visitantes nos quatro primeiros meses do encontro e vem mostrando a capacidade brasileira de ampliar a produção de alimentos e atender às demandas mundiais com tecnologias avançadas e sustentabilidade. Estrategicamente posicionado, o Pavilhão Brasil conta com plantas, flores e frutas brasileiras, além de mesas interativas providas de jogos e informações sobre as culturas expostas. Outra atração é a rede suspensa que permite ao visitante caminhar e, com os sensores de movimento, influenciar os sistemas de som e iluminação.

A mostra global é realizada a cada cinco anos em diferentes cidades do planeta, desde 1851, como plataforma para o diálogo internacional sobre temas e avanços relevantes para a humanidade. Foi, por exemplo, em 1876, na Exposição Universal da Filadélfia, que D. Pedro II conheceu a nova invenção de Graham Bell e se tornou o primeiro brasileiro a usar um telefone. A arquitetura e a cultura do país escolhido para sediar cada grande exposição também adquirem destaque, deixando heranças como a Torre Eiffel, construída em Paris para abrigar a Exposição Universal em 1889.

Em 2010, a exposição foi sediada na China, com participação de 190 países e 50 organizações internacionais. As exposições universais vêm atuando como catalisadoras da criatividade e da inovação humana, promovendo o intercâmbio de conhecimentos entre povos com estilos de vida diversos e permitindo o compartilhar de tecnologias, inovações e descobertas que influenciam o desenvolvimento da arte, da educação, do design, do comércio, do turismo e das relações internacionais.

Todos os nossos eventos


La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br