.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Visite Cinque Terre: cinco encantadores povoados italianos


Há cerca de 100 quilômetros de Gênova, cinco típicos e belíssimos vilarejos italiano se erguem incrustados entre as montanhas em uma das áreas mais limpas e puras do Mar Mediterrâneo.

Há cerca de 100 quilômetros de Gênova, cinco típicos e belíssimos vilarejos italianos se erguem incrustados entre as montanhas em uma das áreas mais limpas e puras do Mar Mediterrâneo. Conhecidas como as Cinque Terre: Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore são os nomes dessas vilas, interligadas por 12 quilômetros de encantadoras trilhas ecológicas. Os povoados se desenvolveram ao longo de uma costa rochosa que se estabelece entre dois promontórios (cabo elevado formado de rochas que avançam sobre o mar). Sua paisagem única é formada por muros de pedra, caminhos sinuosos e deslumbrantes praias de águas cristalinas, situadas entre penhascos. As vinhas e os típicos terraços da região, que utilizam a particular técnica agrícola usada para usufruir o máximo possível dos terrenos com grande inclinação, também contribuem para a formação do cenário. Além dos caminhos para pedestres com deslumbrantes vistas, são encontradas igrejas, oratórios e castelos antigos. A comida e os vinhos de primeira qualidade são ainda uma atração a parte.

Junto com Porto Verene e as ilhas Palmaria, ilha de Tino e Tinetto, esses cinco povoados foram declarados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1997. Em 1999 foi instituído o Parque Nacional de Cinque Terre, o único da Itália em ambiente trabalhado pelo homem, que tem por objetivo proteger os terraços e os muros que o contêm. 

O clima das Cinque Terre é temperado, favorecido pelas montanhas que as abrigam dos ventos vindos do norte. No inverno a temperatura média ronda os 12-14 graus e no verão atinge cerca de 30 graus. As chuvas são geralmente de curta duração, sendo mais frequentes no outono e na primavera. 

Dada a localização pouco dotada de infraestrutura de estradas, o acesso mais fácil é por ferrovia. Todas as cinco localidades, dispostas sobre a linha ferroviária Gênova-La Spezia, têm uma estação.

Monterosso é a vila mais ocidental de Cinque Terre e é protegida por colinas cobertas por vinhas e oliveiras. A torre Aurora, na colina de São Cristoforo, divide o antigo lugar medieval da parte nova da vila, desenvolvida ao longo da praia Fegina. A praia de Monterosso é a maior das Cinque Terre e, por isso, a vila tem uma forte vocação turística.

Vernazza é a vila mais próspera entre as cinco. Seu nome provém de "Gens Vulnetia", uma antiga família Romana. A ela pertenciam os escravos que, quando libertos, fundaram a vila. O centro histórico conserva os bonitos elementos arquitetônicos, como lojas maçônicas, arcadas e portais. Apresenta um grande número de ruas laterais ligadas por escadas íngremes e possui construções defensivas, torres e o castelo da família Doria, símbolo da sua antiga importância econômica.

Corniglia remonta ao tempo romano. O seu nome deriva de "Gens Cornelia", a família romana que era dona do local. Situa-se num íngreme promontório a centenas de metros de altura, perto de uma colina com diversas vinhas, da qual é possível admirar todas as outras vilas das Cinque Terre. Para chegar ao centro da vila é necessário subir pela "Lardarina", uma longa escadaria formada por 377 degraus, ou descer a rua desde a estação ferroviária. 

Manarola foi fundada pelos habitantes da provável colônia Romana de Volastra. O seu nome deriva do Latim "Manium arula", que significa um pequeno altar dedicado aos "Mani", deuses romanos da casa. Caracteriza-se pelas suas casas e torres que defendiam a vila. A vila localiza-se num promontório acentuado de pedra escura e está estruturada ao redor do curso do ribeirão Groppo, agora coberto. Manarola é a vila mais calma das Cinque Terre, talvez porque ter sido descoberta mais tardiamente pelos turistas. É possível aproveitar a natureza através de passeios relaxantes, sobretudo pela “Via dell' Amore” que leva a Riomaggiore, um caminho com belíssima paisagem, em um passeio que se pode escutar o barulho das ondas que rebentam contra as falésias.

Riomaggiore é a primeira vila para quem vem de La Spezia. Situada no vale do ribeirão Rivus Maior, agora coberto. De acordo com a tradição, a vila remonta ao século VIII, quando um grupo de fugitivos gregos encontrou abrigo nesta região. As casas, em sua grande maioria coloridas, estão estruturadas em três ou quatro plantas. 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br