.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Entrevista :: Intesa Sanpaolo Brasil


30/05/2018

O Intesa Sanpaolo Brasil é o único banco de origem italiana presente no país e se consolida entre os primeiros bancos da Zona do Euro e líder na Itália. Para falar sobre a atuação do banco no Brasil, o Italia Affari deste mês entrevistou o presidente da instituição, Gianfranco Giromini, e o diretor comercial, Marcho Fracchia.

Giromini é executivo do Grupo Intesa Sanpaolo há vinte e cinco anos, com atuações prévias na Itália, Hong Kong e Singapura. Formado em Administração de Empresas na Itália e MBA nos EUA, está no Brasil desde 2014, como responsável pela implantação e, posteriormente, presidência do Intesa Sanpaolo Brasil.

Formado em Economia pela University of Michigan (EUA) e MBA pela Stern School of Business –NYU (EUA), Fracchia é executivo do Grupo Intesa Sanpaolo desde 1997, atuando inicialmente em Nova Iorque na cobertura dos mercados da América Latina. Chegou ao Brasil em 2006, como representante-chefe do Intesa Sanpaolo no país.

1 – Ao decidir operar no Brasil, quais os principais aspectos que contribuíram para o Intesa Sanpaolo tomar essa decisão?

Gianfranco Giromini: O Grupo Intesa Sanpaolo, através de sua Divisão Corporate e Investment Banking, implementou sua subsidiária brasileira, o Banco Intesa Sanpaolo Brasil, em maio de 2015, como parte da estratégia de expansão internacional da Divisão. A decisão pela abertura no Brasil foi baseada em diversos fatores. Entre eles, o fato de que, no Brasil, há uma expressiva presença do nosso núcleo principal de clientes, sendo, este, composto por um significativo número de subsidiárias locais de grandes grupos italianos e multinacionais. Adicionalmente, a relevância da economia brasileira na escala global e a existência de oportunidades de longo prazo em apoio aos projetos de setores chaves como infraestrutura, óleo, gás e agricultura foram fatores determinantes para esta decisão.

2 – Na relação comercial entre a Itália e o Brasil, como o banco atua em favor das empresas nessa promoção bilateral?

Gianfranco Giromini: Nossos clientes de origem italiana apreciam ter como parceiro um banco que já é de sua confiança e com visão global do seu relacionamento, apto a compreender suas necessidades. Isto significa estar apto a oferecer soluções especificas, visando apoiar suas atividades de comércio exterior, tais como: financiamento à exportações, câmbio, derivativos para proteção cambial e demais serviços internacionais. O Intesa Sanpaolo, como único banco italiano com presença comercial no Brasil, é posicionado de forma a apoiar nossos clientes neste respeito, atuando como um verdadeiro parceiro comercial para todos os seus propósitos e trabalhando em conjunto com empresas italianas e brasileiras que desejem ampliar suas atividades no Brasil e Itália.

3 – Do ponto de vista do investidor estrangeiro, quais os principais atrativos para se investir no Brasil?

Marcho Fracchia: O Brasil é um país com uma população relativamente grande e ainda jovem, com expressivo potencial de crescimento em termos de renda pessoal disponível, a qual é um importante fator para investidores com visão de longo prazo em setores influenciados pelo consumo, bem como pelo crescimento na demanda por bens de consumo, capital e serviços. Em segmentos industriais, dentro de um horizonte de investimento apropriado de longo prazo, as oportunidades se encontram em setores de crescimento mais acelerado, ligados à infraestrutura e energia, em especial aquelas de fontes renováveis.

4 – De que maneira é possível reduzir os riscos de taxas e câmbio em negócios internacionais?

Marcho Fracchia: As decisões comerciais e de investimento devem ser feitas com base em princípios sólidos de negócios e não meramente especulativas por condições momentaneamente favoráveis na taxa de câmbio. De qualquer forma, o risco cambial é sempre um fator muito importante que pode ter expressivos impactos nos resultados financeiros de importadores e exportadores. Bancos, como o nosso, podem oferecer soluções de gerenciamento do risco cambial através de produtos financeiros, algum deles específicos ao mercado brasileiro, os quais podem ser personalizados às demandas especificas dos clientes.

5 – Em análise do atual cenário, quais são as perspectivas do Intesa Sanpaolo Brasil para a economia brasileira em 2018?

Marcho Fracchia: Sendo um ano eleitoral, 2018 continuará a ser caracterizado pela incerteza política, com o volume de investimentos e  demanda por  crédito em cifras relativamente moderadas. De qualquer forma, é esperado que alguns segmentos registrem investimentos significantes e que a economia brasileira, de forma geral, consolide sua recuperação.

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br