.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Entrevista: Pedro Magalhães Bifano, diretor-presidente da Gasmig


25/10/2018

Para a edição deste mês do Italia Affari, a Câmara Italiana de Comércio entrevistou Pedro Magalhães Bifano, diretor-presidente da Gasmig. Graduado em Gestão Pública, Bifano acumula vasta experiência no setor energético, além de ser cafeicultor e pecuarista. Em sua carreira, atuou como vice-presidente de Recursos Humanos dos Correios, diretor de gestão empresarial da Taesa, assistente da diretoria de Relações Institucionais e Comunicação da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e, atualmente, integra o Conselho da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

1 – A Gasmig vem incentivando, cada vez mais, o uso do Gás Natural Veicular (GNV). Quais as vantagens uma empresa que utiliza frota própria pode alcançar ao adotar o combustível?

A Gasmig está revitalizando o mercado de Gás Natural Veicular em nosso estado, visando consolidar o produto GNV como opção de combustível mais econômico e sustentável para os mineiros. Desde 15 de dezembro de 2017, quando se iniciou a “Promoção GNV Roda Mais”, as conversões de veículos para este tipo de combustível em Minas Gerais não pararam de crescer. Até o mês de setembro de 2018 foram convertidos mais de 3.450 veículos. No início da Promoção tínhamos apenas nove oficinas convertedoras homologadas em todo estado, e, agora já somamos 15, com a expectativa de oficializar mais três oficinas até o final deste ano. São mais empregos sendo gerados em um momento extremamente delicado da nossa economia. Para os frotistas, os grandes diferenciais do GNV são: a economia, que pode chegar até 60%, dependendo do tipo de veículo e do perfil de condução do motorista, e a redução de emissões de gases nocivos, que ultrapassa os 20% de redução.

No que tange a economia, utilizando projeções da Gasmig, calculamos a economia para uma frota de 10 veículos. Levando em consideração os preços médios dos combustíveis praticados atualmente em Belo Horizonte, um veículo que integra uma frota e que roda em média 150 km por dia (4.500 km/mês), poderá economizar cerca de R$1.000,00 por mês utilizando o GNV. Aplicando a mesma lógica em 10 veículos, teríamos uma economia de R$ 10.000/mês ou R$ 120.000/ano, o que é um valor considerável. Em termos percentuais, a economia média de um frotista que utiliza o GNV em substituição à gasolina e ao etanol é de até 60%. Isso porque o GNV tem um maior desempenho em relação ao km rodado por unidade de combustível. Com R$50,00 de abastecimento de combustível é possível rodar: 221 km com GNV, 125 km com gasolina e 109 km com etanol.

2 – Como a empresa tem atuado para expandir a rede de distribuição de GNV para o interior de Minas Gerais? 

A Gasmig tem prospectado alguns clientes no interior do estado, na área de influência das redes de distribuição de gás natural, já existentes, e nas principais rodovias que interligam as capitais do Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. Recentemente foi assinado o contrato para o fornecimento de GNV a um posto revendedor de combustíveis, localizado em Mariana. Este Posto estará brevemente conectado ao gasoduto Vale do Aço. Já em outras regiões de Minas, que ainda não são atendidas por gasodutos, o GNV está sendo levado em carretas de Gás Natural Comprimido-GNC (carretas especiais que fazem o transporte do GNV). Essa estratégia de atendimento recebe o nome de “Gasoduto Virtual”. Atualmente a Gasmig atende as cidades de Betim, Governador Valadares, Piraúba e Ubá, valendo-se dessa estratégia de atendimento, e a expectativa é ampliar o atendimento nos próximos anos.

3 – Versátil, a utilização do gás natural vai muito além dos veículos. De que maneira ele pode se tornar um importante aliado da indústria e do comércio?

No que tange o atendimento ao mercado industrial, é importante destacar que praticamente todas as grandes indústrias, não só de Minas Gerais, mas de todo o Brasil, utilizam o gás natural. Além do menor custo, fornecimento contínuo e operacionalização mais simples, dispensando estoque e manutenções para a retirada de impurezas, o gás natural tem propriedade físico-químicas que contribui, inclusive, para a melhoria da qualidade do produto dos clientes, como podemos citar a fabricação de cerâmica branca, cuja diferença na fabricação é perceptível.

4 – Em relação ao gás natural, muito se fala em redução de custos, mas pouco em sustentabilidade. Quais são as vantagens desse combustível quanto ao tema ambiental?

A questão da utilização do Gás Natural está alinhada com os três pilares da sustentabilidade, pois se trata de um combustível economicamente viável, ambientalmente correto e socialmente justo. Na questão social, destacamos o papel do gás natural como vetor de desenvolvimento, gerando mais empregos e renda em toda sua cadeia. No caso do GNV, em especial, muitos motoristas que convertem seus veículos, reforçam o orçamento doméstico, melhorando assim a qualidade de vida dos seus familiares.

5 – Podemos considerar o gás natural como um combustível do futuro? Por quê?

O Gás Natural, na verdade, é o combustível do presente, de transição até chegarmos às fontes 100% renováveis. Ele é um combustível fóssil, mas que possuiu o menor índice de emissões de gases nocivos e material particulado em relação aos demais combustíveis fósseis. Além disso, é economicamente viável comparado às inúmeras fontes de energia, tais como óleo combustível, óleo diesel e até mesmo em relação à energia elétrica, como é o caso da geração em horário de ponta e cogeração, ambos com o gás natural.

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br