.

Empresa: Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Endereço: Rua Piauí, 2019 - Funcionários, Belo Horizonte-MG

Telefone: +55 31 3287-2212

Site: www.italiabrasil.com.br





Entrevista: Marcos Brandão, diretor-presidente da BH Airport


28/09/2019

O engenheiro Marcos Brandão assumiu o cargo de diretor-presidente da concessionária BH Airport no mês passado com o desafio de continuar a consolidação do Aeroporto Internacional de BH como um dos mais bem avaliados do Brasil pelos próprios passageiros, ampliar a sua conectividade e integrar as diversas regiões de Minas e do País a Belo Horizonte. Com ampla experiência profissional em empresas dos setores de infraestrutura, serviços e indústria, Brandão fez parte da diretoria da BH Airport no início da implantação da concessionária, entre 2014 e 2016. Para ele, o desenvolvimento do Aeroporto e da região de seu entorno, durante o período de 30 anos de concessão, será fundamental para contribuir com um novo ciclo de crescimento econômico de Minas Gerais. 

1 – No início de sua gestão, quais suas expectativas e desafios à frente da BH Airport?

Na verdade, esta é a minha segunda passagem pela BH Airport. Fiz parte do corpo de diretores no início do projeto de implantação da concessionária, em 2014, e permaneci até 2016, quando assumi a presidência da Total Airport Services (TAS), nos Estados Unidos, empresa de prestação de serviços aeroportuários que faz parte do Grupo CCR. 

O principal objetivo da BH Airport, desde que a concessionária assumiu as operações, em 2014, foi promover uma evolução significativa na qualidade da prestação de serviços do Aeroporto Internacional de BH para os passageiros e usuários e transformá-lo em um equipamento de classe mundial, à altura da importância de Minas Gerais no País. Mas continuamos tendo entre os nossos principais desafios promover a conectividade do Aeroporto, ou seja, a capacidade para integrar as diversas regiões do Estado e do Brasil a Belo Horizonte, para atrairmos novos voos tanto domésticos quanto internacionais. 

Este movimento irá promover uma reação em cadeia positiva tanto nos municípios do entorno do Aeroporto, com a atração de novos investimentos e a geração de empregos qualificados, e se refletir em um novo ciclo de desenvolvimento econômico e social para toda a Minas Gerais. 

2 – Muito se fala sobre o projeto Aerotrópole. O que podemos esperar desse empreendimento?

Em todo o mundo, os aeroportos de grande porte têm sido fundamentais para fomentar o desenvolvimento das regiões em que estão localizados. E esta é a premissa central do conceito de aerotrópole. Nós acreditamos que a consolidação do Aeroporto Internacional de BH, que hoje está entre os três mais bem avaliados do País na opinião dos próprios passageiros, segue este caminho. O nosso objetivo é divulgar o potencial do Aeroporto e atrair para o seu entorno uma série de empreendimentos nos setores de indústria (que dependem da aviação para o transporte de mercadorias), logística, instituições de ensino e, consequentemente, de comércio e serviços. 

3 – Quais as vantagens que a BH Airport Cargo oferece às empresas mineiras importadoras e/ou exportadoras?

A BH Airport investiu em uma nova configuração do Terminal de Cargas do Aeroporto. Entre os principais investimentos estão a expansão em 100% na área de exportação e 40% na área de importação; a instalação de duas novas câmaras refrigeradas além das duas já existentes, nova área para cargas domésticas, que permite sinergia entre as operações internacionais e nacionais, além de um prédio anexo exclusivo para sediar todos os órgãos anuentes. 

Todo o projeto foi desenvolvido para aproveitar o potencial do Aeroporto e transformá-lo em importante centro de distribuição de voos (hub) de cargas aéreas, principalmente de produtos de alto valor agregado dos setores eletrônico, farmacêutico, aeroespacial, peças automotivas, entre outros.

Este projeto começa a ser muito bem-sucedido porque aproveita uma das principais vantagens competitivas do Aeroporto, a sua localização estratégica no país, no centro do eixo Rio-São Paulo, além de permitir o fortalecimento da conectividade entre municípios do interior de Minas e de Belo Horizonte aos diversos destinos no Brasil e no exterior. Recentemente, o Aeroporto recebeu uma grande carga de vacinas contra a meningite “C”, transportada por um avião cargueiro da Emirates. Nós acreditamos que este tipo de operação pode se tornar cada vez mais frequente no Aeroporto Internacional de BH.

4 – De que maneira o Aeroporto Internacional de BH pode agregar valor ao supply chain das empresas?

Justamente promovendo esta vantagem competitiva, de proximidade do Aeroporto aos principais centros consumidores, que favorece o escoamento da produção de diversos setores da economia de maneira mais ágil, segura e, porque não dizer, econômica. Minas Gerais tem uma base industrial forte, liderança em diversos setores produtivos e capacidade para a inovação. No mundo atual, as distâncias já deixaram de ser medidas em quilômetros para ser medidas em minutos. Por isso, quanto mais ágil for a logística, melhor para os fabricantes e para o consumidores finais.

5 – Os voos diretos de BH para a Itália são um desejo antigo da comunidade italiana em Minas Gerais. Como o aeroporto trabalha para viabilizar esta e outras rotas e desenvolver novos destinos?

A BH Airport está sempre negociando a oferta de novos destinos e novas rotas pelo Aeroporto. Por isso é tão importante consolidar a conectividade a partir de Belo Horizonte, ou seja, ampliar o número de ligações entre a capital mineira e outros destinos tanto do interior do Estado quanto de outras regiões do Brasil. É isto o que favorece a atração de companhias aéreas internacionais. Atualmente do total de passageiros que ocupam um voo internacional, cerca de 70% são oriundos de conexões de outras localidades do País e apenas 30% de Belo Horizonte ou região metropolitana.  Já temos rotas internacionais que se viabilizaram justamente por esta vantagem. Só par citar dois exemplos, a rota Belo Horizonte-Buenos Aires dobrou sua frequência semanal para 14 voos, em menos de um ano e a Belo Horizonte-Lisboa, já oferecida pelo Aeroporto há dez anos e é uma das mais bem sucedidas hoje no Estado. 

6 – Em relação ao passado, é marcante a evolução do aeroporto nos últimos anos. Sobre o futuro, o que podemos esperar do Aeroporto Internacional de BH?

Sem dúvida. Em apenas três anos o nível de satisfação dos passageiros em relação ao Aeroporto cresceu quase 40% e hoje podemos dizer que temos uma infraestrutura moderna, capaz de movimentar 22 milhões de passageiros por ano. Já fomos reconhecidos como o Aeroporto que mais evoluiu na qualidade da prestação de serviços no ano passado, o mais pontual do Brasil e o primeiro a investir no monitoramento da emissão de gases de efeito estufa no Brasil, além de outros projetos inovadores nas áreas operacional e comercial. O nosso desafio é manter este ritmo de evolução, agregar novas melhorias para os passageiros e cumprir fielmente com o nosso compromisso de contribuir para um novo ciclo de desenvolvimento econômico e social de Minas, por meio da atração de investimentos e a geração de emprego e renda.

Foto: BH Airport/Divulgação

 

Todos os nossos eventos





Outras Notícias



La Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais è un'associazione senza scopo di lucro che dal 1995 svolge la missione di promuovere e rafforzare i legami istituzionali e commerciali tra Italia e Brasile. Nel 1998 è stata riconosciuta dal Governo Italiano e da allora fa parte dell'Associazione delle Camere di Commercio Italiane all'Estero, ASSOCAMERESTERO, che a sua volta fa parte UNIONCAMERE (Unione delle Camere di Commercio in Italia).


Per realizzare la sua missione, la Camera distribuisce le proprie attività su due fronti: la prima a servizio delle imprese e la seconda a livello istituzionale.


Nell’ambito dell´assistenza alle imprese, la Camera agisce come un ponte strategico tra le imprese italiane che già hanno oppure cercano rapporti commerciali in Brasile, e per imprese brasiliane interessate al mercato Italiano, offrendo a queste servizi personalizzati per soddisfare le loro esigenze.


Tra i principali servizi resi, si evidenziano seguenti:
- Ricerca partner commerciale e/o produttivo (joint-venture);
- Elaborazione mailing list di importatori/esportatori, grossisti, distributori o rappresentanti etc;
- Ricerca economica preliminare (analisi della concorrenza, prezzi di mercato, canali di sbocco etc);
- Informazioni sulle tariffe doganali per l´importazione in Brasile e le eventuali barriere;
- Ausilio per finanziamento presso le banche locali;
- Ausilio per identificazione di incentivi finanziari e fiscali per la creazione e costituzione di società in Brasile;
- Elaborazione analisi di fattibilità economica per l’importazinoe in Brasile di impianti italiani;
- Elaborazione ed aggiornamento costante di una Guida su Come Investire in Brasile Step by Step;
- Marketing istituzionale e di opportunità d´affari;
- Assistenza nelle relazioni istituzionali e/o commerciali quale ponte tra il mercato e le istituzioni brasiliane e le imprese/istituzioni italiane interessate al mercato brasiliano;
- Gestione di missioni commerciali;
- Organizzazione di agende d´incontri;
- Realizzazione di seminari tematici;
- Partecipazione a progetti istituzionali ed altri.


Verificate il catalogo dei servizi camerali


A livello istituzionale, la Camera agisce come facilitatore delle relazioni bilaterali tra Italia e Brasile, incoraggiando lo scambio di esperienze tra le istituzioni in diversi settori economici. A tal fine, stabilisce importanti partnership con le istituzioni governative brasiliane e italiane, formando una solida rete di collaborazione. Nel suo network figurano il Governo di Minas Gerais, l'Ambasciata d'Italia in Brasile, il Consolato d'Italia a Belo Horizonte, le Segreterie di Stato per lo Sviluppo Economico, Scienza e Tecnologia ed Agricultura, l’Istituto per lo Sviluppo Integrato di Minas Gerais (INDI), il Centro Tecnologico di Minas Gerais (CETEC), la Banca Regionale (BDMG), tra molti altri.



Per saperne di più sui servizi resi dalla Camera di Commercio Italiana in Minas Gerais, non esitate a contattarci:


+55 (31) 3287-2211 - info@italiabrasil.com.br